Total de visualizações de página

domingo, 18 de agosto de 2013

Capítulo 105: Uma História Real (Relato de um Leitor)


Esta é uma história real escrita por um dos nossos leitores, fã e seguidor. Ele narra para nós um pouco de sua história.

Ele começa assim:

“Sou Bissexual. Era eleição. Claro no interior do Maranhão a política sempre mexe com a cidade inteira; e sempre me divertia muito com meus amigos. Estávamos juntos na porta de casa, todos riamos e sabíamos que nosso candidato ia vencer.

Estava tudo normal como de costume... Foi quando vi um cara sair de um carro. Ele estava de óculos, e como só um de meus amigos sabia sobre minha opção sexual, mostrei o rapaz pra ele discretamente... Ele era lindo; e eu ria porque sabia que ele nunca olharia pra mim... Não demorou muito falando no celular e voltou a entrar no carro, e assim, sumiu na rua. Triste não é?

E como eu havia dito, nosso candidato venceu (não me julguem por conta da política , eu gosto da folia) e por isso houve uma passeata de comemoração. Fomos eu e meu amigo de moto, e como minha mãe era professora, eu era um que estava de frente na folia; mais quando olhei pro lado quem tava lá? Isso mesmo: ele; e de óculos. Como ‘eu sou uma anta’ pra perceber as coisas, quem me mostrou foi Paulinho meu amigo.

Ele parecia olhar pra mim com um sorriso lindo no rosto, mais eu tentava me convencer que não era pra mim. Foi quando ele me chamou discretamente. Eu nem pensei direito – e meu amigo me atiçando muito – então sai feito um louco pra esquina em que ele tava. Fui para um lugar mais acima, mais discreto; e ele veio atrás com um carro, eu não acreditei. Mais também como iria acreditar?

Ele chegou junto... disse-me o seu nome: Flavio. E eu disse o meu: Alexandre. Pegou meu numero e então marcamos de nos ver em um lugar mais tarde, porque claro eu tava suado da folia e muito desarrumado.

Após banhar-me, meu amigo deu-me carona até quase saindo da cidade, pra ninguém ver. Então o Flávio apareceu e entrei no carro, ele era apaixonante. Fomos para um motel – o engraçado e que sempre que íamos aos motéis, eu ia no banco de traz e ficava deitado pra ninguém me ver – Quando estávamos juntos lá, nós conversamos muito; e eu nem acreditava no que ele falava: ele dizia que tava naquela cidade do interior do maranhão à trabalho, por uma empresa, e que já estava há pelo menos 01 ano na cidade. Assustei-me e pensei comigo mesmo: ‘como eu não o tinha visto antes?’. E foi assim que começou.

Eu não morava mais na cidade, havia me mudado pra Teresina (PI), e sempre que eu podia voltava à cidade.

Ele havia me dito que sempre me observava e dizia: ‘Nossa que garoto lindo, por que ele não olha pra mim? Será que ele curte? Eu passo tão de vagar mais ele não olha, já até desci do carro disfarçando falar no celular mais ele não me olhou’. Ele mal sabia que eu o tinha visto falando no celular.

Então eu estava muito feliz por ouvir aquilo, não acreditava no que estava acontecendo, transamos, foi ótimo (tem detalhes que acho melhor não contar, não quero que confundam minha historia com conto erótico, kkk).

Todavia, eu tinha que voltar pra Teresina no outro dia, eu estava triste. Mas quem não estaria? Voltando pra casa, como eu tinha o nome dele, procurei-o no ‘facebook’ e achei.

Passaram-se os meses, eu estava cada vez mais freqüente pela cidade. Encontrávamos-nos como amigos para o povo não comentar; ele adorava carinho e eu amava isso.

Só que alguns problemas surgiram: Certo dia marcamos de nos encontrar e ele ficou me esperando com o carro, mas eu não fui. Ele se sentiu humilhado. E cada vez mais surgiam contratempos, até que em um certo momento eu me perguntei se realmente eu gostava dele. Então eu pedi um ‘tempo’ para nós; e ele pediu que eu não parasse de falar com ele. Eu fiz o contrário, tratei-o como inexistente, por pelo menos 02 meses.

Meu coração gritava e meu amigo falava pra mim: ‘volta a falar com ele’.
Meu amigo falava que ele sempre comentava sobre mim, eu demorei pra falar, mais daí decidi pedir pra nos encontrarmos. E aconteceu, eu fui, entrei no carro, ele tava sem o sorriso que me alegrava sempre, cara franzida, meio acarretado de trabalho, então fomos a uma lanchonete ele precisava encomendar uns sorvetes para empresa.

Conversamos sobre meu sumiço. Eu o disse que ainda o amava e que queria ele de volta. Mas o que ele respondeu? Ele disse: ‘você sumiu, muito tempo passou, eu não posso simplesmente dizer ‘sim’. Pra voltarmos tenho que pensar, você me machucou muito, eu te jurei amor eterno’ (e a cada palavra meu coração sangrava. Ele tava certo eu tinha feito aquilo tudo, fui cruel, ele não me merecia, ele precisava de alguém melhor – pensei). Então os sorvetes chegaram. Entrei no carro depois de ajudar a por a mercadoria dentro, e ele foi me deixar em casa.

Assim que cheguei em casa, fui pra cama e chorei muito (ao som de The One That Got Away); mais no dia seguinte, bem cedo, uma mensagem: ‘amor eu te amo muito-muito, não quero te perder, vamos voltar, você é meu e eu sou teu. E como no começo, eu te dizia: ‘eu te amo mais que o mundo mundial’. E eu te perguntava o quanto você me amava, e então você respondia: 3 metro acima do céu. Então seja meu’. Eu pulava de alegria, éramos muito discretos.

A parte que eu não contei, é que ele tinha 39 anos, mas parecia ter 25, e eu tinha 18. Ele falava que eu era o velho da relação; e eu dizia que ele era a criança. Ele estava certo: eu era chato, todo metódico. Já ele não, era um crianção (como um nato baiano – eu amava o sotaque dele, principalmente quando ele dizia: ‘amor, eu te amo viu, mais que o mundo mundial’).



Passou-se o tempo, e ele sempre que podia ia pra Salvador ver a família, ele tinha comprado passagem pra mim; ele queria me apresentar a todos por lá. Porém dois meses antes da viagem, fiquei sabendo que o contrato da empresa que ele trabalhava havia acabado e que a empresa iria voltar pra Salvador. Fiquei muito triste com a notícia. Não tanto com a noticia, mais com a forma que foi contada Ele voltou pra casa e sumiu, eu sempre o perguntava: ‘você vai voltar né’? E ele dizia que ‘sim’, mais eu sabia que ‘não’. Ele falava: ‘amor não me esquece’! Foi então que ele decidiu me contar que não voltaria mais, até então eu não sabia disso; eu fiquei acabado, sem chão.

 Por que ele não me contou antes de viajar? Por que ele fez isso comigo? Ligou-me e por telefone me disse isso! Eu o disse que não iria esperar e que tava tudo acabado. Ele me xingou, disse que me odiava, eu sempre muito frio. Mas eu sabia que ele xingava e dizia que me odiava por que isso era o contrario.

Porém com o tempo voltamos a nos falar, pois claro, nunca nos esquecemos; ele em Salvador e eu em Teresina. Mas o destino ainda não havia decidido parear nossos caminhos, e então seguimos como amigos. Ele diz que nunca achou ninguém como eu; e que o amor da vida dele ainda era eu. E eu dizia o mesmo.

E essa é a minha história com o amor maior que o mundo mundial, e a 3 metros acima do céu. E que infelizmente despencou, mas que se reergueu e que seguiu em frente. Eu ainda o amo muito e sei que também ele me ama.

E foi assim que uma eleição de 08 de outubro se tornou um dia especial, dia também que me fez gostar de política, kkkk .

Ah sim, a passagem? sim fomos pra Recife, passeamos e teve muita historia por lá, mais não vou me estender demais. Essa é outra história... Bom Dia, e obrigado, eu nunca havia compartilhado minha história com ninguém.

Ass.: Alexandre”.


Faça você como o Alexandre, conte-nos sua história, e a veja publicada de forma carinhosa aqui! 

Obrigado Alexandre, sua história enriqueceu nosso blog que existe pra falar da vida, de amores e de sonhos. Eu desejo muita felicidade na sua vida, seja ao lado de quem for, mas que sejas muito feliz!


Post semelhante: A Viagem III – Parte 7: A 1ª carta (Veja Aqui).




TRILHA SONORA DESTE POST (com carnho):



Abraço a todos...





BY ME S2 (S-FCSP)

Atenção.... torne-se agora mesmo um seguidor deste blog e fique por dentro de todas as novidades e posts.
Clique Aqui

OBS:
        Se você quer seguir este BLOG e não quer ser identificado e nem quer que ninguém saiba que você segue basta clicar na opção "SEGUIR ANONIMAMENTE".
        Agora, se você não tem problemas em seguir abertamente este BLOG... è só clicar na Opção "SEGUIR PUBLICAMENTE".

11 comentários:

  1. Muito legal sua história, adorei. Que vc seja muito feliz

    ResponderExcluir
  2. A sua história pode estar aqui também, basta me enviar

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, não teve final feliz ainda :( por que não foi um final. Obrigado Por postar minha história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de nada, disponha! E se tiver amigos que queriam a gente publica a historia deles também. mande por email: diariodeumgay2010@hotmail.com

      e curtiu a trilha sonora?

      Excluir
  4. Me chame no whats entao 13997450602

    ResponderExcluir
  5. Essa funciona!!!! LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acreditava que ia dar certo, mas… funciona mesmo! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei também não acreditava mas para ela também funcionou! AGORA VEREMOS…

    Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)….

    Pense em algo que queira realizar na próxima semana and repita para você mesmo (seis vezes).

    Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre (Z) de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que (Z) venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele (Z) não pense mais nas outras… mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…).

    Publique esta simpatia por três vezes , basta copiar e colar por três vezes em in forum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs, você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas the manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apenas creiam em Deus, nunca precisei fazer simpatia para achar o amor de verdade. tudo isso é bobeira.... Apenas ame e acredite em si mesmo, e descobri que felicidade começa em vc e não no outro. bjos

      Excluir
  6. Sou homossexual nao sei como contar pra todos preciso de ajuda, preciso conversar com alguém, se estiverem disposto a me ajudar mandem solicitação no face é só procurar Jean Michel, se nao estiver disposto é só nao falar nada, no precisa sair criticando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pode me mandar um e-mail se quiser amigão e conversamos!

      Excluir

Gostou do Post? VOTE e ajude-nos a manter o BLOG no TOP GLS!